Bairro Limpo

Muito obrigado pelo seu contributo. Este projeto já se encontra financiado a 100% devido ao envolvimento da sociedade civil.
Contudo, encontram-se ainda em aberto outros projetos a necessitarem da sua generosidade, pelo que ainda tem possibilidade de poder contribuir para outra causa através do NOVO BANCO Crowdfunding.
Instituição: 
Objetivo: 
2 500 €
Terminado a: 
20/07/2018
Localização: 
Bairro da Boa Morte, Cidade de S. Tomé, S. Tomé e Príncipe

Sobre o projeto

O projeto Bairro Limpo está inserido no contexto de uma missão que os Leigos para o Desenvolvimento têm em S. Tomé e Príncipe e que tem como população-alvo a comunidade do bairro da Boa-Morte, bairro periférico da cidade capital.

O que se pretende com este projeto é criar e implementar um modelo comunitário de recolha e deposição de Resíduos Sólidos Urbanos (RSU) no âmbito do Grupo Comunitário do Bairro da Boa Morte (um grupo que reúne as forças vivas do bairro, desde associações e grupos culturais, igrejas, agentes de educação e saúde, órgãos do poder local, etc.), para que o bairro fique mais saudável, com melhor imagem e assim atraia mais turistas e investimento.

Ao procurar minimizar os problemas da ausência de locais de deposição e recolha de RSU no bairro, toda a população beneficiará ao nível da saúde pública e ao nível da aquisição de hábitos ambientalmente sustentáveis, desde logo porque as crianças crescerão num ambiente mais limpo e saudável que as encorajará a ser ambientalmente comprometidas. Mas as melhorias que se possam atingir permitirão também melhorar a imagem do bairro e torná-lo mais agradável a quem o visita.

Líderes Comunitários e Agentes Ambientais serão capacitados para serem os principais mobilizadores da comunidade para a mudança necessária, de tal modo que a deposição arbitrária de lixo a céu aberto não seja um obstáculo ao turismo.

O objetivo desta campanha de crowdfunding é adquirir uma motocarrinha –mota com uma caixa – de modo a agilizar a recolha e transporte de lixo no bairro e a tornar mais eficiente a gestão de resíduos.

Sobre Leigos para o Desenvolvimento

Os Leigos para o Desenvolvimento são uma ONGD católica, que trabalha há 32 anos em prol do desenvolvimento integral e integrado em países de expressão portuguesa. Atualmente conta com projetos em Angola, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, atuando preferencialmente na área da Formação e Educação, da Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade, Capacitação de Agentes Locais, Promoção do Voluntariado e Pastoral. O trabalho no terreno é feito através de jovens voluntários que permanecem pelo período mínimo de um ano como facilitadores, privilegiando a relação, a parceria, o conhecimento local, a simplicidade de meios e a capacitação, sendo assim criada a possibilidade do autodesenvolvimento das comunidades. Para além do tempo de missão, dos projetos e serviços desenvolvidos a associação é para os seus voluntários e beneficiários, uma “escola” de vivência intercultural, de respeito e valorização das diferentes culturas e de participação cívica. Beneficiam dos seus projetos cerca de 50.000 pessoas/ano e já partiram em missão mais de 400 voluntários.

Orçamento e prazos

  • Motocarrinha 2.150 €
  • Deslocações (viatura e transportes públicos) 200 €
  • Despesas administrativas (divulgação, comunicações…) 150 €

O prazo previsto para a compra da motocarrinha e para o novo modelo de recolha de RSU começar a ser testado é de 6 meses.

Imagens