Construção de Maternidade na Guiné

Este projecto não conseguiu reunir os apoios necessários.
Instituição: 
Objetivo: 
2 850 €
Terminado a: 
13/02/2017
Localização: 
Guiné

Sobre o projeto

Bissorã, é uma vila na Guiné-Bissau, na qual a Associação Ajudar Sem Abrigo, tem prestado alguns apoios. No âmbito deste auxílio deparamo-nos com a necessidade da existência de uma unidade com um mínimo de condições para as mães e bebés que nascem naquela localidade.

Anualmente nascem cerca de 2 mil bebés e a inexistência desta unidade tem trazido problemas aos recém-nascidos e parturientes.

A construção desta unidade irá servir não só esta comunidade, bem como outras que são circundantes com mais de 50 000 pessoas.

O lançamento da primeira pedra já foi efetuado dia 16 de Julho de 2016 e as obras já tiveram início, mas para podermos proporcionar conforto e algum aconchego a estas mulheres e seus filhos, precisamos de adquirir camas para as mães e bebés, alguma roupa para os recém-nascidos.

Com a verba a angariar pretendemos ter 20 camas destinados aos 2000 partos anuais. O restante material devido às parcerias que já temos vindo a trabalhar (noutros projetos), com algumas entidades (câmaras municipais) e com um parceiro local a Associação dos Naturais e Amigos do Sector de Bissorã.

https://www.facebook.com/sectordebissora.anasb

Contamos com a vossa ajuda, um pouco a cada um de nós não custa nada e é muito a para quem nada tem e que merece um início de vida digno, reduzindo por certo o número de partos realizados em casa e que muitas vezes resultam em nados-mortos, bem como mulheres que não sobrevivem ao parto.

Vamos contribuir para nascimentos seguros e saudáveis.

Sobre Associação Ajudar Sem Abrigo

A Associação Ajudar Sem Abrigo está em Portugal onde dá apoio a sem-abrigos da cidade de Lisboa e em São Tomé e Príncipe ajuda crianças com alimentos, roupas e material escolar.

A Associação Ajudar Sem Abrigo que está em São Tomé e Príncipe há cerca de 6 anos após ter recebido um pedido de ajuda de alimentos e brinquedos.

Após termos satisfeito este pedido e de termos visitado o País viemos com alguns projetos que nos pediram para ajudar. Então há cinco anos que estamos no País e temos na sede da nossa associação durante o dia cerca de 40 crianças. Umas dos 3 aos 5 anos que estão das 7h30m às 17h e os que já entraram na escola primária. Estes últimos almoçam e ficam para fazer os trabalhos escolares. Damos apoio a estas crianças com alimentação, roupas, material e bata escolar.

Temos uma creche na Roça Colonia Açoreana que está localizada na zona sul da ilha de São Tomé, próximo de Santa Cruz dos Argolares onde damos apoio a 60 crianças com vestuário, alimentação, material.

Damos também apoio a 70 crianças na Roça Milagrosa na mesma ilha, mas fora da cidade. Derivado a quantidade de crianças em que damos apoio e que todos os dias nos chegam mais pedidos, precisamos de muitos patrocínios para fazer satisfazer cada vez mais estes pedidos e tornar a vida destas crianças um pouco mais suave e digna.

Na Guiné na Vila de Bissora,também temos ajudado de uma forma pontual onde agora nos surgiu esta necessidade que tanto precisam de uma unidade de maternidade com o mínimo de condições.

Lurdes Esteves técnica de fisioterapia, presidente e fundadora da associação Ajudar Sem Abrigo que se dedica à Solidariedade há mais de 16 anos.

Orçamento e prazos

Queremos ter como concluída em 6 meses a maternidade, toda equipada com as 20 camas e o restante material para que possamos garantir cerca de 2000 partos anuais. O valor por cama irá corresponder a cerca de 142,00€. Assim queremos garantir o máximo de mobiliário para a maternidade e também todo material de construção. O nosso orçamento ronda os 2850€ para que possamos apoiar esta unidade para receber as nossas Mamãs e possam ter dias muito felizes. Anexo já algumas fotos de como estão a decorrer as obras. A nossa perspectiva é que a obra termine até Fevereiro de 2017.

Imagens