Missão Escolinha

Instituição: 
Objetivo: 
2 500 €
Prazo limite: 
25/03/2019 - 12:41
Localização: 
Trindade, São Tomé e Príncipe

Sobre o projeto

O projecto "Missão Escolinha" destina-se a continuar a apoiar crianças carenciadas da região da Trindade, em São Tomé e Príncipe, onde desde 2012 desenvolvemos a nossa ação constante com voluntários da Fundação Claret.

Primeiro, iniciou-se o projeto "Escolinha" que hoje conta com cerca de 40 crianças. Estas passaram a receber um lanche diário e a ser acompanhadas nas suas atividades extra-escolares. Em 2015, com o projeto "Escolinha nas Roças" começámos a apoiar crianças que viviam nas roças e não tinham possibilidades de ir à escola. Em 2017, conseguimos angariar fundos para um gerador para que as crianças possam utilizar computadores e resolver os problemas constantes de falta de eletricidade nesta região.

Apesar de estarmos satisfeitos com a evolução conseguida, reconhecemos que o grande contributo que podemos dar é um apoio consistente ao longo do tempo, através de uma boa formação ética e educacional. Neste sentido, queremos continuar a apoiar estas crianças com um conjunto de novos equipamentos informáticos, tão necessários para a sua aprendizagem, bem como no apoio ao estudo e com uma refeição diária.

Sobre Fundação Claret

A Fundação Claret é reconhecida como ONG, através da qual realiza a sua atividade de cariz social em Portugal e São Tomé e Príncipe. A sua vocação é proporcionar uma melhoria de vida aos mais carenciados, nomeadamente crianças e jovens. A instituição alberga crianças nas suas instalações, em Pedroso, proporcionando-lhes todo o apoio necessário, quer a nível material quer a nível de educacional, para a vida adulta.

O Padre João Luís sentiu a necessidade de expandir a missão de solidariedade fora de Portugal, surgindo assim o Projeto Casa Claret em São Tomé e Príncipe em 2012, que é sustentado pelos voluntários claretianos portugueses. Estes voluntários, jovens e seniores, têm desenvolvido variadíssimas ações nas comunidades são-tomenses, como a ajuda aos idosos e crianças, interação com as populações e formação de técnicos na área da saúde, informática e comunicação.

O Projeto é coordenado pela seguinte equipa:
- Padre João Luís Alves: Missionário Claretiano, Coordenador de vários projetos de ação social a jovens e idosos e de apoio aos sem-abrigo;
- Isabel Rocha: Coordenadora do Projeto Casa Claret e Responsável da Escolinha;
- Mário Almeida: Assessor de Administração e Responsável da área Projetos na zona Sul;
- Bárbara Silva: Professora de Educação Física e Responsável da área Projetos na zona Norte;
- Jorge Pires: Professor do ensino superior e Gestor na área Projetos da Fundação.

Orçamento e prazos

O valor angariado (2.500€) servirá para comprar material informático para a Escolinha Claret, bem como para a manutenção deste Projeto de apoio extra-escolar em São Tomé e Príncipe. Esperamos que o material informático esteja em São Tomé em Junho 2019.

Imagens