GASTagus: Caminhadas A+E

Instituição: 
Objetivo: 
2 120 €
Prazo limite: 
03/07/2019 - 18:00
Localização: 
Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe

Sobre o projeto

Ao longo de 10 meses, os voluntários abraçam vários desafios que constituem a Caminhada. Neste percurso feito em equipas, cada uma correspondente a um pólo do GASTagus (ISPA- Caminhada A e Taguspark- Caminhada E), os jovens desenvolvem atividades de voluntariado focadas em diversas áreas, como apoio social, ambiental e educacional, entre outros, em Portugal. Recebem ainda formações semanais com o objetivo de os preparar para o exercício da cidadania.

Esta Caminhada é essencial para preparar os voluntários para a realização da Missão Internacional. Esta Missão, desenvolvida em países como Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, São Tomé e Príncipe, pretende realizar projetos na área da educação, da saúde, do ambiente e do desenvolvimento das comunidades locais, conforme as respetivas necessidades.

Algumas das atividades que dinamizamos são:

  • Colónias de Férias para as crianças
  • Formações para grupos de jovens
  • Apoio vocacional e incentivo à continuação dos estudos
  • Rastreio e acompanhamento em centros de saúde
  • Implementação e desenvolvimento de projetos locais

Sendo um dos Pilares do GASTagus a Continuidade & Sustentabilidade, os jovens procuram dar seguimento aos projetos desenvolvidos nos anos anteriores e com a esperança de que as comunidades ponham em prática as aprendizagens adquiridas no mês de Agosto. Os orientadores do projeto selecionam os parceiros para os quais os voluntários se deslocarão em equipas de 4-5 pessoas, de acordo com as necessidades dos primeiros.

Para poderem ajudar estas comunidades, os voluntários devem angariar os fundos necessários para financiar a sua viagem sem criar encargos aos parceiros que nos recebem. Esta angariação de fundos é feita através de feiras e mercados, espectáculos e jantares solidários, bem como qualquer donativo que nos façam chegar. Este desafio é feito em equipa, para financiar o total dos elementos de cada Caminhada e não com vista a financiar voluntários em específico dentro da equipa. Assim, procuramos angariar o máximo de fundos possível para que todos os elementos das Caminhadas possam ir em Missão e realizar, conforme a comunidade para que se deslocarão, as atividades acima descritas.

Apenas desta forma é possível chegarmos a estas comunidades e contribuirmos para a sua sustentabilidade e desenvolvimento.

Sobre GASTagus (A+E)

O GASTagus é uma organização não governamental para o desenvolvimento sem fins lucrativos fundada em 2009 no no Instituto Superior Técnico no campus do Taguspark e com sede atual em Carnaxide. Divide-se em 4 pólos universitários na zona de Lisboa, sendo a Caminhada A pertencente ao Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA) e a Caminhada E pertencente ao Taguspark.

Esta ONGD tem como objetivo alertar e incentivar a juventude para a descoberta e promoção da dignidade humana através de atividades de voluntariado em Portugal, Brasil e África (Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, entre outros).

Existem quatro pilares nos quais o GASTagus se sustenta e sem os quais esta organização não teria tanta impacto nas comunidades. Estes orientam de forma transversal as atividades desenvolvidas na associação e devem transparecer para o dia-a-dia de todos os membros. São estes:

  • Equipa & Amizade;
  • Renúncia & Simplicidade;
  • Continuidade & Sustentabilidade;
  • Entrega & Serviço;

Somos 23 voluntários maioritariamente universitários de várias áreas de formação, como gestão, engenharia e saúde, alguns já com experiência profissional e todos cheios de vontade de trabalhar! Somos dinâmicos, criativos e acreditamos que conseguimos tornar este mundo melhor, uma comunidade de cada vez!

Desde 2009 já foram enviados mais de 500 voluntários.

Em 2019 queremos continuar a fazer a diferença!

Orçamento e prazos

O valor correspondente a cada voluntário é de 1060 €, dos quais:

  • 775,26€ para a viagem;
  • 16,26€ para o seguro;
  • 142,87€ para a estadia, transporte e alimentação no terreno;
  • 33,68€ para o visto;
  • 85,28€ para despesas de saúde;
  • 6,65€ para custos de infraestrutura.

Assim, com esta iniciativa pretendemos contribuir com 2120€, o valor equivalente a 2 voluntários (um de cada Caminhada A e E), para o objetivo global das equipas alcançado através de todas as atividades de angariação de fundos mencionadas. Os fundos devem ser angariados até ao fim de Junho.

Imagens