"Sabor a Agrião" iniciou atividade um mês após ter conseguido o financiamento através do NOVO BANCO Crowdfunding

O Projeto “Sabor a Agrião” teve início, em setembro de 2016, um mês depois de ter angariado 4 107 euros no NOVO BANCO Crowdfunding destinados à aquisição de um fogão industrial que permite agilizar, nas instalações da CERCIESTA - Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Crianças Inadaptadas de Estarreja, a confeção de diversas iguarias com Agrião, aproveitando a planta autóctone que cresce em abundância na Quinta Pedagógica da Instituição.

A inauguração do projeto teve lugar na abertura do ano letivo 2016/2017, no qual estiveram presentes cerca de 100 pessoas, entre elas o Presidente da Câmara Municipal de Estarreja. 

Desde então a CERCIESTA tem confecionado diversas iguarias em agrião - pataniscas, rissóis, empadas, tartes, quiches e sopas, noutros eventos institucionais, nomeadamente na Comemoração do Dia da Alimentação, na Festa de Natal, bem como respondido a encomendas efetuadas por amigos e familiares da instituição, servindo igualmente refeições diárias da instituição.

O projeto “Sabor a Agrião” possibilitou a consolidação das atividades de vida diária, previstas nos planos de desenvolvimento individual dos utentes das CERCIESTA, de acordo com as necessidades e expectativas identificadas pelos mesmos. No âmbito do apoio à cozinha são realizadas atividades diárias por 3 utentes (rotativamente) e no apoio à hortofloricultura atividades semanais, por outros 3 utentes, permitindo deste modo o desenvolvimento de competências de autonomia e independência pessoal. 

A tipologia e sistematicidade das atividades permitem não só o aumento da auto-estima e auto-confiança dos utentes da CERCIESTA, como também aquisição e consolidação de competências profissionais e pessoais facilitadoras da inclusão social, nomeadamente empenho, responsabilidade, autonomia, relacionamento interpessoal, resolução de problemas, entre outras.

Eu ajudo a escolher e lavar os agriões que vêm da Quinta. Pomos os agriões a cozer no fogão novo e depois deixamos a esfriar. Eu gosto mais de ajudar a apertar as beirinhas dos rissóis. Nós fazemos rissóis, saladas, sopas, bolo, tartes. Na campanha sabor a Agrião conseguimos comprar um fogão que é muito importante para conseguirmos fazer estas coisas.

                           Maria Adelaide Tavares, utente da CERCIESTA

Eu ajudo a fazer saladas, temos que lavar primeiro os agriões. Também gosto de mexer os ovos. Nós já vendemos rissóis na praça.

Vitor Marques, utente da CERCIESTA

O projeto encontra-se ainda numa fase inicial, estando programadas no plano anual para 2017 diversas ações de divulgação, entre elas a participação nas Festas do Município e a realização de workshops para IPSS, tendo o primeiro já tido lugar em novembro de 2016, destinado à RotaryKids de Estarreja. 

As professoras Rosário e Lúcia, e os alunos Tiago e Natália, usando as novas ferramentas – a plataforma crowdfunding do Novo Banco - haveriam de dar forma e força à corrente que haveria depois desaguar na concretização do sonho que batizamos de “Sabor a Agrião, que foi mais do que uma campanha solidária, foi um cântico de homenagem, a filantropia ao humanismo, ao civismo ao amor ao próximo. Foi um hino de amor ao próximo, só conseguido pela oportunidade concedida pelo NOVO BANCO Crowdfunding.

Maria José Martins
Maria de Lurdes Breu, Presidente da Direção da CERCIESTA