Ponto a Ponto em São Tomé

Muito obrigado pelo seu contributo. Este projeto já se encontra financiado a 100% devido ao envolvimento da sociedade civil.
Contudo, encontram-se ainda em aberto outros projetos a necessitarem da sua generosidade, pelo que ainda tem possibilidade de poder contribuir para outra causa através do NOVO BANCO Crowdfunding.
Instituição: 
Objetivo: 
2 000 €
Terminado a: 
17/02/2017
Localização: 
Porto Alegre, São Tomé e Príncipe

Sobre o projeto

O projeto Ponto a Ponto encontra-se inserido num contexto de uma missão que os Leigos para o Desenvolvimento têm em Porto Alegre e que tem como população-alvo as comunidades de Vila Malanza, Ponta Baleia, Porto Alegre e Ilhéu das Rolas. Trata-se de um contexto rural de Roça que, apesar de continuar a transportar consigo os desafios (logísticos, económicos e sociais) inerentes ao isolamento a que esta região está votada, beneficia de um dinamismo comunitário que se destaca no contexto do Distrito.

Com este projeto pretende-se intensificar a oferta formativa, reforçar o papel do Centro de Recursos Educativos e Formativos como promotor da formação e apostar na ligação da formação ao mercado de trabalho e no acompanhamento de novas iniciativas económicas como fator de crescimento socioeconómico. Pretende-se igualmente criar uma resposta que possibilite valorizar as mulheres da roça de Porto Alegre no percurso individual, familiar e comunitário com vista à promoção do seu papel como cidadãs empenhadas e reconhecidas.

O objetivo geral deste projeto é estimular condições de auto-emprego e potenciar a oportunidade turística, proporcionando a oferta de formação profissional, de ações de desenvolvimento de competências e estimulando a atitude empreendedora e a auto-iniciativa com vista ao auto-emprego e/ou à criação de atividades económicas.

Na concretização deste objetivo, nasce o projeto Ponto a Ponto, que visa proporcionar cursos de costura a senhoras.

Sobre Leigos para o Desenvolvimento

Fundados em 11 de abril de 1986, os Leigos para o Desenvolvimento são uma associação sem fins lucrativos, dotada de personalidade jurídica canónica e civil, reconhecida oficialmente como uma Organização Não-Governamental de Cooperação para o Desenvolvimento (ONGD).

Atualmente com projetos de Desenvolvimento em Angola, Moçambique, Portugal e S. Tomé e Príncipe, atuamos preferencialmente na área da Formação e Educação formal, não formal e informal, na área da Dinamização e Organização Comunitária, Empreendedorismo e Empregabilidade, Capacitação de Agentes Locais e Promoção do Voluntariado.

A nossa atuação é através de jovens voluntários que permanecem no terreno pelo período mínimo de um ano, privilegiando a relação, o conhecimento local e a simplicidade de meios, sendo assim criada a possibilidade do autodesenvolvimento das comunidades. Para além do tempo de missão, dos projetos e serviços desenvolvidos a associação é para os seus voluntários e beneficiários, uma “escola” de vivência intercultural, de respeito e valorização das diferentes culturas e de participação cívica.

Website: www.leigos.org

Orçamento e prazos

Orçamento

  • Máquinas de costura manuais - 3 unidades x 370 € = 1.110 €
  • Matéria-prima (linhas, tecidos, botões, fechos,…) - 250 €
  • Deslocações (viatura e transportes públicos) - 2,5 meses x 66 € = 165 €
  • Formador - 2,5 meses x 150 € = 375 €
  • Despesas Administrativas (Divulgação, Despesas Fixas Espaço, …) - 2,5 meses x 40 € = 100 €

Metas e Prazos

A duração prevista do projeto é de 6 meses. Os primeiros 2 meses serão dedicados à preparação da formação e mobilização das pessoas (incluindo a compra das máquinas, preparação do espaço, divulgação da formação). A primeira formação está prevista ser de 2 meses e meio e após este tempo prevemos um mês e meio de acompanhamento dos participantes na formação. Como consequência deste primeiro projeto na área da formação em costura temos previsto a melhoria de negócios que já existem (de pessoas que já têm máquinas de costura) e a criação de novas iniciativas, individuais ou coletivas. Prevê-se ainda capacitar os formandos na gestão dos seus negócios.

Imagens